Na sequência de denúncia apresentada pela PT – Comunicações, elementos da PSP da Figueira da Foz, tiveram conhecimento de corte, seguido do furto de cerca de 130 metros de cabo telefónico, ocorrido na noite de 30 de abril para 01 de maio, na zona da Ferrugenta – Figueira da Foz, que interrompeu o fornecimento de comunicações durante várias horas a várias povoações a norte de Tavarede, provocando graves transtornos e prejuízos aos muitos utilizadores daqueles serviços.

Após investigações efetuadas pela PSP, foram realizadas vigilâncias aos locais suspeitos, as quais permitiram detetar a queima dos fios em cobre para lhes retirar o isolamento, cobre esse que foi depois escondido nuns canaviais existentes junto da morada dos suspeitos.

A vigilância mantida  no local até ao dia 2 de maio, permitiu formar a suspeita de que dois homens, presumivelmente autores do furto do cabo em cobre, aguardavam a chegada de alguém que ali fosse recolher o material.

As suspeitas confirmaram-se após ter chegado ao local uma viatura de caixa aberta, na qual se fazia transportar um individuo de sexo feminino que atuou como recetadora, momento que determinou a imediata intervenção policial e da qual resultou a identificação dos dois autores do furto, com cerca de 30 anos de idade e da recetadora com cerca de 35 e a posterior apreensão do cobre com o peso de 30 kg, o qual já se encontrava no interior do veiculo para transporte.

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.