A edição em papel Sábado revelou que o blogue CASA DAS ARANHAS  tem online uma lista com 1438 nomes da Maçonaria. Fomos ver, até porque o artigo é escrito pelo jornalista António José Vilela, que sabe tudo sobre o tema. A relação de nomes está na lista de comentários daquele espaço. Vale o que vale.

 A revista informa que o atual GOL está de férias, parece que foi por isso que não foi ouvido, mas o Ex, não confirma nem desmente, mas admite que “pode ter havido uma intrusão no sistema informática do GOL”. O Expresso também fala no assunto com base na notícia da revista. O assunto está a tornar-se viral através do Facebook.

A lista é longa. Por enquanto, vai de A a L. Parece real. Há muita gente que também está nos nossos ficheiros. Já vimos uns 30 de Coimbra. Até encontrámos alguns mortos. Salvo, seja, mas o Grande Oriente não deve actualizar os tais “ficheiros informáticos”.

A maior parte dos irmãos de Coimbra que consta desta lista integram A Revolta, a  Redenção e Fraternidade e  Justiça. Mas também temos representantes na Fernandes Tomás, Universalis, 8 de Maio, Atlântico… Quem é quem e e onde está dava um belo gráfico animado. Mas isso seria um serviço de valor acrescentado para quem nem é aprendiz.

Os falecidos Fausto Correia, António Luzio Vaz,  Brito Xavier, Herminio Palmeira, da Chamagás e Jaime de Carvalho, dos Cafés FEB, ainda aparecem.

Na quota “somos de Coimbra mas temos loja em Lisboa”, temos os conhecidos Francisco Bandeira, Joaquim Arenga, Luís Parreirão e Paulo Pereira Coelho, desde sempre conotados como “homens de negócios” turma do avental.

No que toca a figuras de Coimbra que ainda não têm projecção nacional, tanto temos pessoas solidárias e honestas, como conhecidos artistas e criminosos. Aqui vão alguns, por ordem alfabética.

Abilio Vassalo Abreu  

Alfredo Carlos Barroco Esperança

Alvaro Dias Martins Aroso

António Carlos Ribeiro Campos

António José Gonçalves Castanheira Jorge 

António César Quaresma Ventura

António Manuel Brandão Gomes Costa

Álvaro Morais de Oliveira Canelas de Castro

Abel Garcia Meliço Silvestre  

 António Diamantino Marques Lopes

António Duarte Arnaut  

 António Joaquim Mariano Pego  

 António José da Silva Robalo Cordeiro

 António Manuel dos Santos Arnaut

 António Manuel Vilhena 

Augusto José Monteiro Valente

 Armindo Augusto Martins da Silva Andrade 

 Belmiro Moita da Costa

Carlos Alberto Raposo Santana Maia

Carlos José Luzio Vaz

Carlos Manuel Cardoso Rodrigues Beja

Carlos Manuel da Silva Páscoa  

Casimiro Soares Simões

Fernando Abel Simões

Fernando de Jesus Regateiro

Fernando Pereira da Silva

Fernando dos Santos Andrade Porto

Francisco José Antunes Paz 

Henrique José Lopes Fernandes  

Horácio André Antunes   

 Jaime A. Simões Ramos

João Fernandes 

João Aurélio Sansão Coelho

João Manuel Alves de Moura Pereira 

João Maria Lacerda de Lemos Mexia  

João Vasco da Fonseca Jorge Ribeiro

 Joaquim António Seco Machado Gil

Jorge Manuel Fernandes Cosme  

José António Alves de Moura Pereira

José Domingos da Ascenção Cabeças

José Francisco Tavares Rolo

José Francisco de Faria e Costa

José Manuel da Silva Couto

Luis Malheiro Vilar

…continua…mas depois do jantar…pode ser que encontremos mais alguns.

Em actualização

Se o e-leitor conhecer gente da nossa gente que nos tenha escapado nesta leitura apressada, envie por favor para: gerente@osexoeacidade.com

Garantimos anonimato.

O Sexo e a Cidade limitou-se a copiar os nomes que estavam na Casa das Aranhas, cujos nomes próprios e apelidos coincidem com o de figuras públicas de Coimbra. Há nomes idênticos, alguns demasiado   comuns,  para confirmar todos seria necessário cruzar dados do GOL, IRN e AT.

Não sendo responsável pela sua elaboração nem podemos confirmar a sua veracidade.  Limitamos-nos a  transcrever a informação que está online. Claro que sabemos quem é quem, mas não queremos ir por aí. Quem quiser aparecer que levante a mão. Quem desejar sair da lista é favor informar para osexoeacidade@gmail.om.

Claro que seria divertido fazer uma lista de toda a gente de Coimbra, até porque muitos não constam nestes 1438 maçons. Podíamos começar por informar que alguns dos citados foram expulsos por motivos diferentes.

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.